Mídias Sociais

Autoconhecimento

Quando perguntamos a qualquer pessoa o que ela mais quer na vida, normalmente a resposta é: Eu quero ser feliz! Se todas as pessoas afirmam, categoricamente que querem ser felizes, por qual motivo, na maioria das vezes, elas não conseguem esta felicidade?
  • Autoconhecimento
    Padrões Emocionais Herdados

    Na minha relação com uma outra pessoa, quase que sempre, eu não sou o EU VERDADEIRO, acabo sendo aquilo que não é real, por diversos motivos internos, tais como, medo de ser eu mesmo, necessidade de agradar o outro para ser aceito, sentir ciúmes ou inveja da pessoa e não ter coragem de demonstrá-lo, sentir-me diminuído perante o outro, interesse qualquer que o outro não me descubra, etc.

    Tudo na vida nós aprendemos, pois temos esta capacidade. Mas é interessante nossa história. Repetimos os padrões de comportamento dos outros. Em certos momentos de nossas vidas, olhamos nossos pais e dizemos a nós mesmos…”eu farei tudo diferente do que papai ou mamãe fizeram”. Porém, tristemente verificamos, que estamos sendo uma cópia um pouco melhorada da nossa matriz (pai/mãe).E faço quase tudo aquilo, que disse que não faria.

    Se eu não tenho, um firme propósito em mudar, e a coragem de me conhecer, poderei carregar por séculos ainda, na minha psiquê, ou através de nossos descendentes, os padrões emocionais herdados. Quando estou no dia a dia, enfrentando minhas lidas, enfrento diversas situações, sendo algumas agradáveis, e outras tantas desagradáveis. Com estas desagradáveis, se não tenho clareza em minhas escolhas interiores e não sei lidar com [...]

  • Autoconhecimento
    A Importância dos Primeiros 7 Anos de um Ser

    ….ou….Porque eu sou assim ! 

    Tenho uma crença, de que a Psicologia foi trazida ao planeta terra, com uma única finalidade: Libertar o ser humano da sua MESMICE.

    Ou seja, nos tira do lugar comum, e nos dar condições de alargarmos nossos horizontes, e nos percebermos como individualidades, como ser da unicidade (Unicidade, no meu entender, é a pessoa, sendo o que é, com sua personalidade, ser parte de um todo; este todo é o Universo, e este todo/Universo, tem um papel para mim, que é só meu, a ser representado por mim, e se eu não fizer a minha parte, fica faltando algo, o Universo não está completo)

    O que aqui digo, é muito semelhante ao que Jung diz, com seu processo de INDIVIDUAÇÃO, onde a pessoa se percebe como um indivíduo único, com todo seu potencial a ser desenvolvido, e com direito e possibilidade de assim buscar sua felicidade, que está em seu interior.

    Creio, como psicólogo que sou, que todos nós, temos que fazer nossa parte. Mas qual é tua parte? Qual é minha parte? Esta pergunta de difícil resposta, pode ser entendida, como de fácil resposta, dependo do ângulo que a vejamos.

    É, ou será difícil, se nossa visão for da [...]

  • Autoconhecimento
    Como Funciona nossa Psiquê

    Em capítulo anterior, nós falamos de nossas cristalizações mentais, e de como funciona uma parte de nossa mente chamada Subconsciente, que representa um grande arquivo, de tudo aquilo que eu experencio em minha vida, e estas informações ficam lá arquivadas, e quando ocorre um fato semelhante com o já arquivado, toda

    aquela memória vem à tona, e nos traz sensações muito idênticas às já vividas.

    Por isso afirmamos: nós agimos principalmente por motivos subconscientes. Este arquivo, este subconsciente governa minha vida e meus atos, e para bem tratá-lo precisamos nutrir agora, a nossa mente CONSCIENTE, ou seja nutrir nosso presente.

    Vamos ver hoje, com um pouco mais de profundidade, como funciona nossa mente, como é nossa estrutura mental, e aprender a tirar benefícios desta estrutura da psiquê, que a natureza me colocou à disposição, visando meu crescimento pessoal e universal.

    A partir de Freud, o ser humano começou a se entender mais, e com o trabalho de Jung e de Moreno, facilitou-se ainda mais esta compreensão. Freud, ao estudar nossas doenças mentais, percebeu que temos um lado instintual e inato, que nasce com a própria existência e nesta análise, foi elaborando a Teoria Estrutural da Mente, assim definida:

    (vamos lhes explicar de maneira simples, e [...]

  • Autoconhecimento
    Eu quero ser feliz… Eu quero?

    É tradicional: quando perguntamos a qualquer pessoa o que ela mais quer na vida e é natural a resposta: Eu quero ser feliz! Se todas as pessoas afirmam, categoricamente: Eu quero ser feliz! por qual motivo, na maioria das vezes, elas não conseguem esta felicidade?

    Poderíamos enumerar uma série de motivos que contribuem de maneira contundente ao boicote de nossa felicidade mas, certamente, temos um que é o principal e precisamos, com urgência, despertar nossa consciência para enfrentá-lo e superá-lo. Falamos das nossas cristalizações mentais.

    Vamos explicar um pouco como todos nós estamos, há cerca de milhares de anos, vivendo o engodo desta grande armadilha. Para se começar a entender um pouco disso, temos que parar nossos pensamentos e nos atermos a esta afirmação: Tudo aquilo que vivemos no presente, no agora, vai para uma região de nossa mente chamada subconsciente (ou inconsciente para os mais ortodoxos) e lá fica guardado, como ficaria num arquivo, esperando algum motivo ou acesso para ser reelembrado.

    Todas estas informações arquivadas (nosso patrimônio pessoal) fazem parte de nossas experiências de alma e diante de uma imagem, som, cor, cheiro, lembrança ou semelhança elas saem do arquivo e se misturam com nosso momento presente, alterando-o, trazendo-nos as mesmas [...]