Mídias Sociais

Artigos

  • Autoconhecimento
    Eu quero ser feliz… Eu quero?

    É tradicional: quando perguntamos a qualquer pessoa o que ela mais quer na vida e é natural a resposta: Eu quero ser feliz! Se todas as pessoas afirmam, categoricamente: Eu quero ser feliz! por qual motivo, na maioria das vezes, elas não conseguem esta felicidade?

    Poderíamos enumerar uma série de motivos que contribuem de maneira contundente ao boicote de nossa felicidade mas, certamente, temos um que é o principal e precisamos, com urgência, despertar nossa consciência para enfrentá-lo e superá-lo. Falamos das nossas cristalizações mentais.

    Vamos explicar um pouco como todos nós estamos, há cerca de milhares de anos, vivendo o engodo desta grande armadilha. Para se começar a entender um pouco disso, temos que parar nossos pensamentos e nos atermos a esta afirmação: Tudo aquilo que vivemos no presente, no agora, vai para uma região de nossa mente chamada subconsciente (ou inconsciente para os mais ortodoxos) e lá fica guardado, como ficaria num arquivo, esperando algum motivo ou acesso para ser reelembrado.

    Todas estas informações arquivadas (nosso patrimônio pessoal) fazem parte de nossas experiências de alma e diante de uma imagem, som, cor, cheiro, lembrança ou semelhança elas saem do arquivo e se misturam com nosso momento presente, alterando-o, trazendo-nos as mesmas [...]

  • Xamanismo
    LENDA DA TRIBO ABENAKI SOBRE O TAMBOR

    “Diz-se, que quando o Criador, dando um lugar para todos os Espíritos habitarem, e que fariam parte no povoamento da Mãe Terra, um Som, um grande estrondo BOOM, se fez ouvir de fora na distância.

    O Criador ia ouvindo, o som que ia chegando mais e mais perto até que finalmente ele ficou bem na frente do Criador. “Quem é você?” perguntou o Criador. “Eu sou o Espírito do tambor”, foi a resposta. “Eu vim aqui para lhe pedir que me permita participar desta maravilhosa Criação.” Como você irá participar? pergunta o Criador.

    “Gostaria de acompanhar o canto do povo. Quando eles cantarem com o coração da Mãe Terra. E assim, toda criação irá cantar com harmonia.”

    O Criador concedeu o pedido, e a partir de então, o Tambor tem acompanhado as vozes do povo. 

    Desde então, para todos os povos Indígenas do mundo, o Tambor é o Centro de todas as músicas. É ele o Catalizador que faz subir o Espírito das canções até o Criador para que as preces contidas nas canções possam chegar até Ele. 

    Em todos os momentos, o Som do Tambor traz Integridade, Reverência, Entusiasmo, Solenidade, Força, Coragem, e a Realização das Canções. 

    É o Batimento Cardíaco da Mãe Terra dando [...]

  • Xamanismo
    Procure, Encontre, Ame e Espalhe: Seja Feliz!

    Estamos fora da ordem, há muito tempo. Arrisco dizer que desde que estamos neste planeta e sendo ainda mais pessimista digo que o ser homem não é daqui. Existem vários livros que incitam esta verdade, porém o homem ainda valoriza sensações que o tiram do caminho, o qual julgo ser o mais correto para a base da vida: o amor incondicional e o respeito aos nossos irmãos, sejam eles humanos ou animais, aliás, acredito que deveriam trocar essa nomenclatura, a de animais e seres humanos, pois existem muitos animais que demonstram atitudes muito mais “humanas” que os próprios. Quem é quem, afinal?

    A grande maioria da população da Terra vive entorpecida, inerte, assumindo a postura “maria vai com as outras”… Você já se perguntou quem são esses dirigentes? Quais as verdadeiras intenções deles? O consumo descabido, a valorização dos bens materiais, acima dos próprios homens, é isso? Um automóvel ter mais valor sentimental do que um ser vivo? Uma árvore não ter significado nenhum para muitos? O homem precisa olhar para seu coração, para seu interior, a meditação constante é necessária, o homem ainda não se descobriu…

    A aprovação ontem pela Câmara Federal do novo Código Florestal, apoiada pela classe ruralista, inibe [...]

  • Xamanismo
    Mãe Búfalo Branco

    Há na espiritualidade a tradição de termos 4 Grandes Mães, representantes da Deusa Mãe. Entre nós a mais conhecida é Maria, mãe de Jesus, tão venerada principalmente na igreja católica. A Mãe Kwan Yin, que dirige o Raio Rosa-Violeta da Compaixão e Misericórdia, Mãe Palas Atena, Deusa virgem, padroeira das artes domésticas, da sabedoria e da guerra e a Mãe Búfalo Branco, do povo vermelho, que apareceu primeiramente para a tribo Lakota. 

    No livro “O Retorno da Tribo dos Homens Pássaros”. Autoria de Ken Carey, transcrevemos aqui um trecho que conta uma das história da Mãe Búfalo Branco:

    ”Ela vinha das estrelas. Vinha para muitas tribos, embora cada uma a conhecesse por um nome diferente. Vocês talvez a tivessem visto como a viram pela primeira vez os dois jovens caçadores da tribo Sioux, caminhando descalça e devagar, como uma visão, através das mansas colinas da pradaria. Eles haviam subido no topo de uma dessas colinas em busca de caça, em busca de algum sinal de movimento naquele mar de relvas ondulantes. Ao longe, no horizonte, tinham avistado algo que observavam com atenção. Quando o vulto desapareceu atrás da colina à sua frente, estavam quase seguros de que se tratava de um vulto [...]

  • Xamanismo
    Nós os Índios, Conhecemos o Silêncio

    Não temos medo dele. Na verdade, para nós ele é mais poderoso do que as palavras. Nossos ancestrais foram educados nas maneiras do silêncio  e eles nos transmitiram esse conhecimento. “Observa, escuta, e logo atua”, nos diziam. Esta é a maneira correta de viver. 

    Observa os animais para ver como cuidam se seus filhotes. Observa os anciões para ver como se comportam. Observa o homem branco para ver o que querem. Sempre observa primeiro,  com o coração e a mente quietos, e então aprenderás. Quanto tiveres observado o suficiente, então poderás atuar. 

    Com vocês, brancos, é o contrário. Vocês aprendem falando. Dão prêmios às crianças que falam mais na escola. Em suas festas, todos tratam de falar. No trabalho estão sempre tendo reuniões nas quais  todos interrompem a todos,  e todos falam cinco, dez, cem vezes. E chamam isso de “resolver um problema”. Quando estão numa habitação e há silêncio, ficam nervosos. Precisam preencher o espaço com sons. Então, falam compulsivamente,  mesmo antes de saber o que vão dizer. 

    Vocês gostam de discutir. Nem sequer permitem que o outro termine uma frase. Sempre interrompem. Para nós isso é muito desrespeitoso e muito estúpido, inclusive. Se começas a falar, eu não vou te interromper. Te escutarei. Talvez deixe de escutá-lo se não gostar do que estás dizendo. Mas não vou interromper-te. Quando terminares, tomarei minha decisão sobre o que disseste,  mas não te direi se não [...]

  • Xamanismo
    Planeta Terra: O que ele quer de nós?

    Terra é um ser vivo, como diz José Lutzemberger em sua confirmação da “Hipótese Gaia” e todas as teorias contrárias a esta afirmação, começam agora a cair por terra. Nos últimos meses, o noticiário da mídia tem ocupado acima de 30% do seu espaço com a situação do Planeta Terra., terremotos, tsunamis, abalos sísmicos, desgelamento, enchentes, alteração do eixo, etc. Tudo isso gerando uma grande comoção e medo entre todos nós. 

    A nossa geração e as demais que vivem neste solo sagrado nunca viram tantos eventos acontecendo com tanta intensidade e num intervalo pequeno entre os mesmos. 

    As placas tectônicas que nos protegem das subidas dos magmas estão se ajeitando, procurando colocar na ordem divina tudo aquilo que foi tirado do seu devido lugar e assim, criando as possibilidades de se construir a Nova Terra.  A Mãe Terra tem um plano e este segue a Ordem Divina. Assim sendo, ela terá que realinhar seu eixo, voltando ao seu centro de equilíbrio, que lhe foi tirado há cerca de 12 mil anos, é possível que na Atlândida, através de uma explosão nuclear. 

    Os Planos Superiores nos contam que a Terra, desde seu início, por volta de 4 bilhões de anos, viveu etapas evolutivas, como todos [...]

  • Xamanismo
    Uma história de amor da Grande Mãe

    Era uma vez…. e para que você entenda esta história é necessário que solte a sua imaginação e volte há cinco bilhões de anos, quando começou a existir nosso sistema solar e ainda não existia este Planeta Terra que lhe serve de morada há milhões de anos. 

    O Deus Primordial tinha planos de expansão de Sua Obra pois sentia que precisava aprimorar o desenvolvimento de suas Células, mas precisava de um novo Planeta para que pudesse executar este plano. 

    Assim, para que a Sua Vontade fosse executada solicitou a dois dos principais servidores do Primeiro Raio Azul, (que representa o Poder e a Vontade de Deus) Arcanjo Miguel e o Elohim Hércules que se encarregassem de criar esta nova morada, onde Células do Deus Primordial iriam viver uma experiência diferente e criar uma nova consciência de Civilização e o desenvolvimento de nossas potencialidades divinas. 

    Contam as tradições que há menos de três bilhões de anos, Arcanjo Miguel com o poder de sua espada azul cristal e Hércules com o poder mental de criar vida e formas uniram suas forças e aglutinaram poeiras cósmicas das nebulosas em grau suficiente passando pelo processo da gaseificação, incandescência, congelamento, descongelamento, solidificação, até que o novo planeta estivesse [...]

  • Xamanismo
    O resgate do grande silêncio de um povo

    “Há cerca de 85 mil anos, os remanescentes relativamente puros da raça vermelha foram em massa para a América do Norte e, pouco depois disso, o istmo de Behring afundou, isolando-os assim. Nenhum homem vermelho jamais retornou à Ásia. No entanto, em toda a Sibéria, na China, na Ásia central, na Índia e na Europa, eles deixaram para trás muito do seu sangue misturado a outras raças coloridas”. Livro de URÂNTIA – pág. 723 

    As tradições apontam que acima de 80 mil anos atrás já existiam registros da presença do povo Pele Vermelha entre nós, e sempre mantiveram um diferencial dos outros povos: O profundo amor pela Mãe Terra. 

    Os Peles Vermelhas, que fizeram parte da 3ª. Sub-Raça da 4ª. Raça Mãe e que em sua origem se intitulam “Filhos da Estrelas”, sabem de sua origem cósmica e também o motivo pelo qual vieram se instalar neste planeta e viver a experiência terrestre e hoje os seus descendentes diretos são os Índios que se estendem nos três continentes Americanos. 

    Os Índios mantiveram durante todos estes milênios o seu compromisso de amor pela Mãe Terra, não abrindo mão de seus objetivos sagrados, vivendo nos solos que pisaram seus ancestrais, praticando o padrão de vida [...]

  • Xamanismo
    Minha visita ao Xingu! “MESMO CARECA, FUI ESCALPELADO”

    Foram 56 horas e trinta minutos, da minha casa até estar diante do Cacique Tafukumã, líder dos 700 Kalopalos que restaram nas matas do incrível e misterioso Xingu. As últimas 7 horas e 30 minutos, em barco de alumínio na descida do Rio Xingu até chegarmos lá as 23 horas, foram de intensas emoções, várias picadas pelo corpo e os dois pés inchados como bolas de boliche. 

    Na descida do Rio Xingu, após as 19 horas, quando a escuridão tomava conta do nosso caminho, e os vários troncos ou mesmo os bancos de areia que se formam naturalmente poderiam virar o barco, confesso que cheguei a pensar “o que estou fazendo aqui”. Isso sem contar as informações que me vinham num ruim português misturado com karibe, que naquele rio havia muitos jacarés e muitas piranhas. 

    Quando resolvi com minha alma seguir o caminho do xamã urbano, reconheci que teria que abrir mão de muitas coisas que fazia até então e ir a cada momento praticando a transformação daquele ser velho, que durante muitas encarnações esteve preso a mesmices, para encontrar um caminho ainda inexplorado, onde pudesse estar diante de situações novas que viessem me ajudar na formação de um padrão adequado ao [...]

  • Xamanismo
    Como ocorrem as curas no Xamanismo

    O Xamanismo é uma prática psico-espiritual, onde diversas opções de tratamentos são apresentadas. Iremos falar de uma delas, a Roda de Cura ou Roda Medicinal, a qual por um chamado dos Mestres Xamãs, vim atuar em minha vida profissional e beneficiar inúmeras pessoas que tenho convivido neste últimos 5 anos. 

    A Roda de Cura Xamânica é feita em torno de um fogo central onde se abre um portal aos quatro elementos, ar, fogo, água e terra. Com esta abertura entramos na maravilhosa dimensão xamânica, de verdadeira magia e poder direcionado à luz. 

    Quando se entra no universo xamânico, descobre-se um mundo encantador, onde a realidade é criada a partir do nosso desejo, um pouco semelhante ao apresentado no filme Matrix e nesta realidade, que o nosso Eu Superior e os Mestres Xamãs nos conduzem, pode ocorrer verdadeiros encontros de libertação de todas as energias que temos mantido por muitos séculos ou milênios em nossos Corpos Emocional ou Mental. 

    Numa Roda de Cura, é possível soluções de carmas do passado, entrarmos no tempo e espaço para desbloqueio de diversas energias que nos prendem, refazermos nossa programação mental e celular e se livrar de padrões de pensamentos e emoções nossos ou de outras pessoas que [...]

  • Xamanismo
    Há Um Xamã Urbano Dentro Do Seu Coração!

    Há um chamado da alma tocando a mente de muitas pessoas que sentem a imperiosa necessidade de resgatar “alguma coisa” muito especial que faz falta em nosso coração e na nossa lida diária. 

    Há um sentimento bem profundo me dizendo que sou um ser espiritual vivendo uma experiência humana e que “alguma coisa” precisa ser feita imediatamente para me permitir resgatar urgentemente uma parte essencial de mim e que se encontra perdida. 

    Há verdades ocultas batendo na porta do meu coração me dizendo: desperte e busque teu sentido de harmonia… olhe à sua volta e veja o que tem sido feito com a “Patcha mama”, a tão amada “Gaia”, a “Terra de Urântia”… é hora de se levantar e agir como a seta que sabe do seu alvo, ou o vôo infinito do condor, ou os olhos certeiros da águia, ou a determinação da pantera, ou o saudável e alegre banho de cachoeira e gritar um basta a tudo isso. 

    Há que se respeitar novamente a Mãe Terra, devolvendo a ela a sua MAJESTADE. 

    Hoje não há a caça para nos alimentarmos. Nem o rio limpo para pescarmos. Não moramos mais em uma tribo, onde o bem comum era a herança de todos. Trabalhamos [...]

  • Xamanismo
    Xamanismo: O animal de poder

    Uma das coisas que mais encanta qualquer pessoa que participa de um trabalho xamânico é o contato com seu animal de poder. Ao sentirmos a presença do animal, sentimos sua energia, viajamos com ele, participando ativamente na cura que ele vem nos trazer, e até podemos eventualmente vir a conversar com ele, pois para muitas pessoas, o animal de poder se torna um grande amigo, com o qual trocam conselhos e até confidências. 

    Há os casos daqueles que nunca tiveram qualquer espécie de percepção espiritual e que, ao participarem de um trabalho xamânico, mais especificamente de uma Roda de Cura, vêem seu animal e se surpreendem com a beleza e encantamento deste momento, mágico para qualquer ser que realize esse contato. 

    É um mundo místico, é um mundo do “tudo é possível”, é onde a realidade da percepção dos sentidos materiais é alterada, se expande e a nossa mente passa a compreender que todos têm determinadas capacidades que estiveram durante muito tempo bloqueadas. 

    Mas o que é o Animal de Poder? Para entendermos com profundidade esta questão, não podemos esquecer que nós somos seres espirituais vivendo uma experiência humana e por isso todo um conjunto de planos e dimensões espirituais estão e estiveram sempre [...]

  • Xamanismo
    Animais no Xamanismo

    No Xamanismo, passamos pela descoberta do animal guardião que está presente em cada um de nós. O animal é mítico, onírico. Quando compartilhamos de sua consciência animal, podemos transcender o tempo e o espaço e as leis de causa e efeito. A natureza da relação entre o homem e o animal é de origem espiritual. É o nosso instinto animal, nosso lado mais forte e menos racional. 

    Os animais de poder são manifestações dos poderes arquetípicos ocultos, que estão por trás das transformações humanas. Torna as pessoas com um corpo vigoroso, aumenta a resistência a doenças, a acuidade mental, e a autoconfiança. Eles auxiliam no diagnóstico de doenças, na realização de objetivos desafiadores, para aumentar a disposição, auxiliam no autoconhecimento. Enfim, um aliado. 

    O antropólogo Michael Harner, em seu livro “The Way of The Shaman” descreve que quando uma pessoa está doente, ela está desanimada, ou seja ela perdeu sua força animal, está deprimida, fraca e predisposta a adoecer. 

    No Xamanismo, realizamos um ritual, com tambor, para que os praticantes se conectem com seu animal e também deixamos nosso animal aflorar através da “Dança do Animal”, uma outra forma de evocação. Os praticantes xamânicos costumam, também ter as suas canções, para evocar o [...]

  • Xamanismo
    Xamanismo: Uma história de 40 mil anos – Parte II – a gratidão!

    Quem pratica o xamanismo sente em seu coração que o Universo é uma grande unidade. Tudo e todos estão integrados ao Todo. É uma única rede de ligação entre todas as coisas e por esse motivo, o que acontece com qualquer ser no universo, tem a ver com você, comigo ou com todos em todos os cantos, pois todos somos células de um Grande Corpo chamado Deus. 

    A minha profissão de psicólogo clínico que também se utiliza das técnicas de Regressão a Vidas Passadas e minha intuição, me dão a certeza de que a vida é uma continuidade. Ontem, hoje e amanhã fazem parte deste processo de continuidade. O que hoje vivemos em nossas experiências pessoais é apenas a continuação daquilo que deixamos de resolver em outros momentos anteriores a este e estamos de volta para reaprendermos a fazer o caminho de “volta à casa”, ou melhor, de voltarmos ao encontro da Unidade e descobrirmos a presença de Deus em nosso coração. 

    Todo sofrimento humano acontece por termos nos desviado desse caminho da Unidade e tentarmos criar nosso caminho próprio diferente do caminho original. Somos células, contemos tudo o que está no TODO, mas sem sua Presença, ou melhor, sem nossa união [...]

  • Xamanismo
    Xamanismo: Uma história de mais de 40 mil anos!

    Comprovadamente o Xamanismo existe no planeta há mais de 40 mil anos. Os aborígines australianos são os xamãs mais antigos de que se tem notícia (dado oficial do próprio governo da Austrália) e são originários da época da Lemúria, bem antes da Atlântida, quando o plano original era se criar um planeta com uma população de raça negra.

    Conheço seis ramos xamânicos: o índio; o aborígine da Austrália; o africano dos negros de toda a África; o siberiano da península de Altai na Rússia; o celta dos antigos druidas, numa determinada região da Europa e o cigano.

    O Xamanismo é um marco divisor na minha vida. A partir dos últimos 5 anos, quando as experiências começaram a se tornar freqüentes, incorporei os conceitos xamânicos em minha vida e ela se transformou totalmente para melhor.

    Uma das minhas formações pós-faculdade é a TRVP, Terapia Regressiva a Vivências Passadas, que concluí em 2 anos de curso no INTVP, junto à competente psiquiatra Dra. Maria Júlia Prieto Peres, que é técnica de grande capacitação na liberação de traumas referentes às memórias extracerebrais, vida intra-uterina ou ocorridos nos nossos primeiros sete anos de vida.

    Um dia, “tentando” fazer uma Terapia Regressiva num paciente – apesar de usar todas [...]